Bem vindo ao noProvadoR.com

Este blog foi criado para tirar dos cabides pensamentos que devem ser experimentados. Não tenha receio de entrar neste ProvadoR que se propõe a ser amplo e livre de preconceitos. Entre. Prove. E fique à vontade para Levar o que quiser.
 

Arquivo de Outubro, 2007

11 de Outubro de 2007 - 19:53

Ouro-de-tolo


‘Há tendência para tudo, do modo de vestir ao de pensar, o que, convenhamos, é bem mais grave’
Dario Caldas

Tendência deriva do latim tendere, cujos significados são ‘tender para’, ‘inclinar-se para’ ou ‘ser atraído por’ – em todos os sentidos a palavra tendência envolve a alteridade; ou seja, algum tipo de atração exercida pelo outro.

Quanto às tendências de moda, questão constante aqui noProvadoR, já sabemos sua história.
Contudo, quando o assunto é nossa construção cultural, é preciso lembrar que algumas tendências de pensamento podem alcançar um patamar tão importante, que se tornam uma preocupação – já que detêm o poder de acarretar conseqüências irreversíveis.
Para não ir muito longe, basta pensar na ‘naturalização’ do comportamento corruptível na política nacional; entre tantas outras aberrações que se tornaram naturais como uma uva de cera.

Como dito, uma tendência de comportamento é capaz de transformar a realidade como um todo.
Concordamos com a idéia de que o mundo está em movimento: Tendendo de um ponto para o outro. E assim, quando percebemos esta movimentação, mesmo sem refletir a respeito, ‘tendemos’ a seguir o fluxo.

O poder orientador da alteridade reside no fato de que: Ao identificar no outro uma característica que nos atrai, criamos um desejo que, para ser satisfeito, nos instiga a imitar a tal característica. (Quando uma determinada orientação é comum a um grupo de pessoas, é possível que ela se transforme numa tendência).

Portanto, se a tendência nasce para satisfazer um desejo ela traz em si um discurso positivista, benéfico e, sobretudo autoritário.
*(Daí a idéia de ditadura da moda).

Ok. Na moda, o fenômeno da sucessão de tendências é um mecanismo que o próprio mercado sagazmente construiu para garantir sua sobrevivência.
- Porém, em se tratando de construção cultural de pensamentos e comportamento, é preciso atentar para os prejuízos causados aos valores e conquistas, que uma simples tendência pode causar.

Como se sabe, neste último mês, grande parte dos brasileiros assistiu ao filme Tropa de Elite na telinha da tv, ou seja, na versão pirata.
Quando digo ‘grande parte’, não estou me referindo aos jovens, ansiosos por natureza, mas a todos os tipos de pessoas, de todas as classes, profissões e níveis de instrução.

Justificada como um acidente, o dvd ‘Tropa de Elite’ pirata caiu em mãos erradas, como um fósforo aceso num barril de querosene. A explosão tornou-se o maior espetáculo - dizem que o ‘povo gosta’ mesmo de ver a lona em chamas - e acabou sobrando brasa pra todo lado. Mas, de todos os prejuízos, o maior é, sem dúvida, o novo rumo (ou tendência) do pensamento comum.

ot3

Em suma, este novo rumo, inclinação, ou tendência, que ‘naturaliza’ a idéia de ‘pirataria inofensiva’, é como a descoberta da fórmula mágica que produz o Ouro-de-tolo.

.

*(Cinema é a maior diversão - Na contra mão e brincando com o título do filme em questão, noProvadoR.com em parceria com a Publicine, convidou a Elite - que não assistiu Tropa pirata - para vestir a camisa contra a pirataria, e assistir ao filme numa sessão de cinema especial que acontecerá na próxima terça, no cine NorteSul).

mariaSanz



comentários (11)