Bem vindo ao noProvadoR.com

Este blog foi criado para tirar dos cabides pensamentos que devem ser experimentados. Não tenha receio de entrar neste ProvadoR que se propõe a ser amplo e livre de preconceitos. Entre. Prove. E fique à vontade para Levar o que quiser.
 

Arquivo de Novembro, 2007

24 de Novembro de 2007 - 13:15

segredo


A essência da arte ensina que nem toda realidade é visível.
Que o segredo é, ao invés de tentar enxergá-la, privilegiar os modos de representá-la.

- O ano é 2004, o mês é maio.
Me lembro como se fosse hoje da manhã de um sábado chuvoso em que fui atingida por uma emoção flechada pela tela da televisão.

Naquela manhã, despertei com o barulho da chuva forte e fiz um único movimento com o braço para alcançar o controle remoto, motivada pela formação do quinteto sábado, chuva, ressaca, tv e edredom.

A luz colorida clareou a escuridão do quarto invadindo minhas retinas; honestamente, não sei qual era aquele canal - por que tudo o que tinha feito até então, além de esticar o braço, fora apertar power-, sei que via pessoas elegantes que saiam sorrindo de carros luxuosos e acenavam com pouco interesse para uns poucos paparazzi.

Era uma gente diferente…
Chegava mais um carro, saia mais um casal; depois outro, depois outro; de repente a câmera corta para uma outra cena: era uma igreja. Tratava-se de um casamento. Um casamento transmitido ao vivo?
Ah, sim..era um casamento Real. Tinha lido alguma coisa naquela semana sobre a união do príncipe da Espanha com uma moça chamada Letizia, uma ex-jornalista.

Curiosa, sentei-me na beira da cama para acompanhar a transmissão e, muito de repente, fui flechada pela imagem de uma mulher incrivelmente linda, que diferente de todas as outras, vinha sorrindo e acenando.
Ela era gloriosa. Usava uma camisa de gola, com os punhos dobrados e uma saia. Ah, era a saia mais linda que já tinha visto na vida…Meu corpo todo sentiu o alarme que vinha do peito chocado com o estilo da moça. A precisão na atitude e na escolha daquela mulher, que eu até então nem supunha quem era, mexeram com a minha vaidade de menina noiva…(confesso que ainda me emociono com a imagem que me inspirou).

Meu casamento estava marcado para dali a 10 meses e ainda tinha bastante tempo para decidir uma porção de coisas, inclusive sobre o que era para mim a mais deliciosa delas, o vestido de noiva.
Mas naquela manhã de sábado, no meu quarto escuro, ao som da chuva, no exato momento em que vi a ‘idéia’ daquela moça, uma certeza me atingiu como um raio, daqueles confirmados por trovão.

Não queria ver mais nem um segundo de mais nada, ela já tinha saído da cena, sai do quarto sem rumo, eufórica, queria gritar, contar para alguém… Mas, não podia, o que sentia não tinha explicação, e mais: era segredo.

sem tradução

Estilo é coisa abstrata, enigma, idéia sem tradução .

Acho que por isso escolhi trabalhar com criação - Mistérios e segredos são iscas vivas para mim. (- O inexplicável é ou não é admirável?).

Sempre apreciei e me inspirei com a técnica, ou estilo, que torna raro o que era comum, pelo simples deslocamento.

Como fez Warhol com latas de sopa, ou Duchamp com um banco e uma roda; Como fez a bossa nova com acordes banais; Como fez a princesa Rania Al Abdullah com uma camisa branca num casamento Real.

A representação (da realidade, ou de si) pode maravilhar ou surpreender, dependendo da técnica e dos recursos usados, mas seu efeito é, para mim, potencializado quando a matéria prima é a simplicidade de uma idéia.

- Não é a representação, é o modo de representar.

Ok, não se pode negar que a magia concreta de David Copperfield, do Taj Mahal, ou da muralha da China sejam ‘maravilhantes’. Mas quando audácia, poder ou sofisticação dão lugar a idéias e insinuações, modos e maneiras, que operam lentas mutações na percepção, aí então, sinto-me verdadeiramente fascinada.

Idéias me hipnotizam. Sinto prazer em vasculhar o invisível – faço isso o tempo todo. Seja em meu próprio inconsciente; ou vendo pessoas na rua, filmes e comerciais de tv – me perco desconstruindo mentalmente a raiz das idéias , o segredo, de quem escolheu este ou aquele modo (ou estilo) para representar a realidade.

Segredos me atraem. Aguardo com ansiedade o momento que a ‘idéia’ de uma noiva querida será revelada. Mesmo que jamais seja traduzida, e perpetue seu enigma - diferentemente do que estou fazendo com a minha agora . Imaginar a construção daquele bem guardado segredo - ou seja, o modo e o estilo com o qual escolheu representar a si mesma no dia de seu casamento -, já me basta.

Estilo me seduz. Foi o enigma de uma imagem que ajudou a construir o modo com o qual representei a mim mesma no dia em que me casei.

não tem explicação

Algumas coisas são secretas por opção, outras são por que não têm mesmo explicação.

Maria Sanz Martins.



comentários (29)  
5 de Novembro de 2007 - 12:53

~Surf Soul~


Do sul do Brasil, mais precisamente da Praia do Rosa, em Imbituba, SC, onde acontece a penúltima etapa do WCT – campeonato mundial de surf profissional-, noProvadoR vem dar um blá sobre surf style.

kelly1 Slater

Foi minha amiga Julia-Sam, uma das surfistas mais charmosas que conheço, que dia desses cobrou um overview do comportamento e estilo surf – sempre presente, e agora ainda mais forte, na Ilha de Vitória - *Só para constar #1: noProvadoR é vizinho de porta da fábrica de prancha mais busy da PC, a do shaper Renato Larica

Para mim, e todos os que se sentem atraídos pelo espirito do surf, ele representa positividade, saúde, liberdade…
- Surfista é um jeito de ser.

Talvez uma das responsáveis pela força deste personagem no imaginário feminino tenha sido a poesia de Caetano – A letra de ‘Menino do Rio’, um clássico dos anos 80, que descreve o visual de um surfista carioca, e deseja que ‘o Havaí seja aqui’, marca o início do fascínio por meninos dourados, cabelos molhados, bermuda, prancha debaixo do braço e peito aberto no espaço…

..Ah, os surfistas… Sempre fui encantada por eles – devo, de passagem, dizer que me casei com um (que está, por sinal, neste exato momento lá embaixo, surfando as ondas da Praia do Rosa) – Sim, confesso, sou tiete! adoro tudo que envolve o surf, desde o surfista (!), passando pela música, até o estilo de vida.

É difícil resistir ao estilo surf – Oscar Metsavaht, o homem por trás da Osklen, que faz fortuna com o surf style, que o diga. Como disse, o surf inspira saúde, beleza e sobretudo estilo.
Andando aqui pelo campeonato é possível constatar que essa é definitivamente uma tribo de gente bonita (e muito estilosa). Dificil colocar em palavras o que tá na pele, nos cabelos, nos olhos…O que tá na atitude, no jeito de falar; que tá no sal, que tá no sangue.

Mesmo quem não pratica o esporte curte a onda…- *Só para constar #2: o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor mundial do ‘produto surf’ – detalhe, só estão contabilizados os produtos vendidos em surfshops que efetivamente vendam pranchas de surf, ou seja, lojas especializadas em acessórios ou em moda surf, não entram da contagem – o que significa que essa posição no ranking poderia ser ainda mais avançada.

Outro forte fator que faz diferença na força mercadológica do surf nacional é o consumo feminino. Sim, as garotas são as maiores consumidoras do surf style – (mas este é um assunto para logo mais).

memino

*(Bem, falando em surf feminino, aqui devo confessar que sou frustrada por nunca ter conseguido, apesar das inumeras tentativas, me equilibrar de pé na prancha, e mais, por ter passado sufoco na maioria das vezes que me aventurei de prancha mar adentro – O que é fermento para minha admiração pelo surf das garotas - e é por essas e outras que tiro o chapéu, bato palma, e morro de inveja das meninas surfistas…como disse, prometo trazer esse assunto em breve).

E…. para arrematar em grande estilo, fazendo um panorama do life style de um surfista, e é claro, aproveitando o fato de estar hospedada no mesmo hotel dos competidores australianos, apresento um pequeno bate-bola que fiz com ninguém menos que o pro Taj Burrow:

taj1

Name – Taj Burrow
Childhood ambition – be a professional surfer
Fondest memory – Surfing with both my parents
Soundtrack – I love everything. The sounds yeah, yeah, yeah
Retreat – in Australia, western Australia, Sydney and Gold Coast
Wildest dream – being chased by a shark
Proudest moment – winning contests
Biggest Challenge – winning a world title
Alarm clock – the sound of waves
Perfect day – surf, laugh, eat and drink with friends
First job – Have never had a job..kind of embarassing, but surfing is all a’ve ever done.
Indulgence – Chocolate
Last Purchase – Music on i-Tunes, Baby shambles new album.
Favorite movie – Bourn Ultimatum
Inspiration – passionate sports people
My Life – is very crazy, but I love it!

taj2

- That’s it Bro!

Ps- Estou zarpando para a praia da Vila, onde rolam agora à tarde as baterias da 3ª etapa deste WCT.
taj vence a bateria
Voltei! Olha aí o Taj Burrow logo depois de ter vencido a bateria na Praia da Vila hoje à tarde.

- Vitamina! É como eles sempre dizem: ‘não há nada que um bom dia de surf não cure’

mariaSanz.



comentários (12)