Bem vindo ao noProvadoR.com

Este blog foi criado para tirar dos cabides pensamentos que devem ser experimentados. Não tenha receio de entrar neste ProvadoR que se propõe a ser amplo e livre de preconceitos. Entre. Prove. E fique à vontade para Levar o que quiser.
 

Arquivo de Dezembro, 2008

19 de Dezembro de 2008 - 22:14

Short, red, tale


redhat

A funny looking girl was walking fast down a very busy street. She was wearing an eye catching brick-red hat, with yellow flowers in the side. While she was striding among the crowd, the flowers would bounce up and down, as if they had their own rhythm.

In her right hand she carried a huge black umbrella, and in the other, an orange, lettuce and banana-filled bag. When the light turned green for the pedestrians, she ran across the street and she got to the other side, she realized that three bananas and an orange had fallen in the middle of the street.

She immediately got back to catch the lost fruits without noticing that the light was now green for the cars, crouched down, running after the orange that was still rolling, she heard the loudest honk from a very small green-blue car.
The man inside the car put his head out and shouted at her: “Hey crazy hat, wanna die??”

(Pour guy) He would never guess that that hat was made by herself, and those flowers were picked up at her boyfriend’s garden, who had already made the cruelest joke about it, early that morning – witch was exactly what got her in a bad mood that day.

So, she stood up, and out of the blue, just threw an orange with anger at the man’s car.
He went out of the car; traffic stopped; lights turned red; they had a fight; exchanged phone numbers; went out for a coffee; fell in love; (she broke up with her old boyfriend); they fought a little bit more; made love; got married; and moved in together.

(Now, everyday he, himself, picks up yellow flowers for her to put in her brick-red self made hat..)

Maria Sanz Martins



comentários (12)  
8 de Dezembro de 2008 - 4:10

Movember


Que eu adoro bigode todo mundo já sabe – sim, eu já escrevi isso por aqui mais de uma vez – para entender, ou relembrar, minhas razões leia no arquivo a peça “Coisa de Gato” -. Pois bem, desde que cheguei na Austrália tenho visto bigodes de todos os jeitos, por todos os lados.

Estava bem contente com a comprovação da minha profecia amadora sobre o ‘Retorno do Bigode’, repetindo para quem quisesse ouvir “eu sempre falei isso!”…Até o dia que me explicaram que este não era um fenômeno da moda, como eu poderia estar pensando. Não, os bigodes estavam em toda parte por que nós estavamos no Movember!

momo

Movember é um acontecimento anual de caridade que acontece durante o mês de novembro. Movember é também uma fundação sem fins lucrativos cujo slogan é “Movember, Changing the Face of Mens Health”.

mo

A idéia é simples: no início do mês de novembro, homens e rapazes se registram com o rosto limpo (barbeado) e passam o resto do mês deixando o bigode crescer enquanto arrecadam doações.

Os participantes do Movember, conhecidos como ‘Mo’ (de mustache, bigode em inglês) Bros, arrumam e estilizam seus ‘Mo’ como bem querem – por aqui é possível ver bigodes de todos os tipos, desde os básicos, passando pelos vintage cut, até os mais estilosos e engraçados. Vale tudo para arrecadar o maior número possível de doações de amigos, familiares, ou mesmo desconhecidos interessados em colaborar com a causa em questão - Saúde Masculina – ou, mais especificamente, câncer de próstata e depressão masculina.

mo

Enquanto os rapazes deixam crescer o bigode, as Mo Sistas (mulheres que apoiam seus rapazes ou Mo’s!) também participam do Movember recrutando outros Mo Brothers e ajudando levantar mais doações.

- A pergunta é por que o Movember?

Pêlos eles têm de sobra, o que parece faltar aos homens é mesmo um pouco mais de consciência sobre a própria saúde.
Verdade. Muitos homens têm atitudes fortes e posam de machão, mas poucos cuidam de fato da saúde. Segundo pesquisas, mesmo quando adoecem a maior parte dos homens evita a todo custo ir ao médico e, pior, a maioria não faz sequer o check-up básico regularmente.

Ainda segundo a pesquisa, a cada ano, mais de 2.900 homens australianos morrem de câncer próstata e mais de 18.000 homens serão diagnosticados nos próximos anos com esta doença. Outro alerta relevante é a depressão masculina, que atinge um em cada seis homens em qualquer idade, mas é uma doença mascarada já que a grande maioria não procura ajuda.

momo

O Movember é, enfim, um movimento masculino, leve, engraçado e, sobretudo, engajado. Seu objetivo é basicamente aumentar a consciência masculina sobre a própria saúde, alertando os marmanjos de uma forma divertida - já que pode ser uma curtição passar um mês chamando atenção de todo mundo com um ‘senhor bigodão’.

*Ah, sim, é claro. Quando o mês acaba rola uma super festa (The Movember Gala Party) para celebrar as arrecadações e mostrar para o mundo como afinal ficou seu Mo. (dá só uma olhada em cada figura nas fotos da galeria da festa deste ano).

Maria Sanz Martins.



comentários (11)  
1 de Dezembro de 2008 - 21:11

walkabout


- (to find yourself sometimes you need to lose yourself) -
I came here to walkabout.

Segundo o londrino Jamie Huckbody, editor da Happer’s Bazzar Australiana, Australia é hoje uma definição moderna de Luxo.
Eu, que só estou neste país há uma semana, devo dizer que concordo plenamente com Jamie. Este país é mesmo um lu-xo, no me-lhor dos sentidos que esta palavra possa conter.

Além de esplendorosa, brilhante e jovem, esta terra é gentil, franca e bem humorada. (yes, I’m crazy in love - confesso).

bike
beach
moi

Estou certa de que não poderia ter escolhido lugar mais luxuoso para a caminhada que escolhi fazer. E para garantir isso eu poderia aqui te contar uma porção de pequenas magias que, desde o começo da jornada, essa terra tem me apresentado, mas vou me ater aos primeiros e mais importantes passos dados so far.

Logo que cheguei por aqui participei de uma reunião numa das melhores editoras de revistas de Sydney. Na verdade, este encontro já estava programado desde antes da minha chegada - o que eu não sabia, porém, era o que aconteceria depois.. De lá pra cá conheci profissionais incríveis enquanto trabalhei em dois editoriais fabulosos para uma revista Neozelandesa chamada Simply You.
Meu trabalho neste editoriais aconteceram, na verdade, a convite de uma Stylist Profissional super competente chamada Pip Cook, que me foi apresentada por Kate Harrowsmith, editora de moda da `Marie Claire` Australiana - (passos largos!)

shoot1
melissa
Bondi
Rock’n Chic - era essa a história do primeiro editorial, que rolou numa das casa de um bairro super luxuoso chamado Vancluse. Na foto do meio Melissa (assistente da Pip). Na foto acima, a praia de Bondi e toda a equipe - atras de mim a modelo Sonya Kukainis (estrela do editorial `Bright Young Things` da Happer`s Bazzar deste mes), ao lado dela Pip (a stylist), o fotografo Adam Flipp, o assistente de fotografia Ted O`Donnell; Victoria Baron (make up artist), Fiona, e Budi (hair dresser, um fo-fo).

budi2
vic
shoot
shoot2
pip
mod
stud
Neste segundo editorial, `British Mix` - Budi e Victoria trabalhando; a modelo Jana Zapletalova; de costas, as editoras da `Simply You` (New Zeland) Bridget Hope e Natalie Bridges; o fotografo Nick Hudson, e Pip.

*veeery good vibes!

..that`s it for now!
- I`ll keep walkingabout..

lucky

Ah, sim! Não posso deixar de dizer que no dia que cheguei aqui, formou-se no céu um arco-iris como nunca vi na vida. Que nem de desenho animado, no melhor estilo ursinhos-carinhosos, de ponta a ponta, nascendo e morrendo no mar - (e bem na porta da minha casa!).
Tsc, (since I`m walkingabout) - aquele arco-iris mais lindo me fez sentir muito abraçada, e quase posso jurar que ouvi o céu me dizendo num sussurro de vento maria, seja bem vinda….

- não, eu não poderia querer mais luxo que isso…

*Se por acaso to walkabout não fizer sentido pra você, vá até a sala de cinema mais próxima e assista `Australia` - (mas por favor nao crie espectativas hollywoodianas, este eh um filme *diferente - (lúdico, quase ingenuo, mas, como o país-título, cheio de estilo)

Com muitas saudades e carinho,
Maria.



comentários (16)